12/01/2012

Marcio Kogan e suas "casas de arte"

Eu confesso: quero uma casa aberta, com muita luz, muito verde, aconchego, objetos de arte... um refúgio! Na verdade, para interpretar corretamente o meu sonho eu escolheria o premiado arquiteto brasileiro Márcio Kogan. Seus projetos mostram detalhamento minimalista, espaços internos com aberturas generosas, volumes, sobreposições, texturas, blocos que parecem flutuar, mobiliário moderno e uma real interpretação dos desejos de seus clientes.
O que mais posso querer!?






Fotos via Arquitetando

2 comentários:

Simony disse...

Eu tambem quero uma casa dessas para mim! Adoro a luz natural, a coneccao de interior e exterior, tudo lindo! Alto astral!

Milena disse...

Legal essa identificação com um arquiteto!Vi o Casa Brasileira ontem e achei belíssimo,o conceito de aproveitamento da luz mas sem o calor,mas confessso que não são as que fazem minhas veias pulsarem mais forte!!
E adorei quando ele disse ter vivido a "ditadura Niemayer"!!!
Você assistiu ao programa?
Aliás,devo confessar que quando estava para ter o Felipe,o programa que estava vendo na sala de pré-parto era essa,mas um antigo com o Carlos Motta que adoro!!Só eu,rs!!!